Órix-de-cimitarra-Zoo-Lisboa

Criado a por em: Curiosidades.

O jardim zoológico de Lisboa tem duas novas crias de fêmeas de Órix-de-cimitarra, uma espécie extinta na natureza desde 2000 devido à caça intensiva com armas modernas, longos períodos de seca, desertificação e a redução de habitat natural devido à expansão agrícola local e ao pastoreio de gado doméstico.

Numa nota enviada às redações, José Dias Ferrreira, Curador de mamíferos do jardim zoológico de Lisboa, explica que “2016 começa com o reconhecimento do nosso trabalho diário em prol da conservação e da educação ambiental. O nascimento destas duas novas crias vem confirmar que todos os esforços desenvolvidos para recriar o habitat natural estão a funcionar e os animais estão perfeitamente integrados.”

O jardim zoológico contribui ativamente para a conservação desta espécie em duas vertentes: ex situ, sob cuidados humanos e in situ, no habitat natural. Nesta última vertente, o apoio é financeiro e provém do seu fundo de conservação, ajudando a criar no norte de África vários parques naturais para o estabelecimento de novos grupos desta espécie, na esperança de uma futura reintrodução na natureza.