veja-3-programas-para-curtir-o-frio-com-o-seu-cao-2

Criado a por em: Curiosidades.

Apesar de estarmos em 2016 ainda existem muitas pessoas que mantém os seus cães nos jardins, pátios e/ou varandas durante o inverno acreditando que o cão não sente frio.

A senciência significa “aquele que sente, que experiencia sensações”.

A senciência dos animais, nomeadamente dos cães, não foi sempre admitida. Durante muitas décadas pensava-se que os animais não tinham sentimentos. Este “conhecimento popular” não é assim tão distante, sendo que o mais comum é ouvirmos que os cães não sentem frio ou dor, por exemplo. Muitas pessoas fazem caudectomias (cortam a cauda dos cães) e dizem que “os cães não sentem dor” ou porque “são bebés não sentem” ou “porque não têm nervos na cauda”. Estas expressões são indicativas, mais uma vez, da negação da senciência do cão. Os animais sentem. Estudos científicos já avançaram no sentido de comprovar que os animais não só sentem frio, calor, dor ou medo, como já exploram a sua capacidade de sentimentos mais complexos, tais como, saudade, depressão, felicidade, etc.

Mas eles têm pelo, nós não!

A grande maioria dos cães vem “equipado” com pelo que os protege contra muitas coisas, nomeadamente, do frio. No entanto, se pensar bem nem todos os cães têm o mesmo tipo de pelo, nem a mesma quantidade. O tamanho e o tipo de pelo influencia o frio que o cão sente. Os cães procuram os raios de sol para se deitarem, precisamente porque os aquece e fá-los sentir bem, e quem vive com cães dentro de casa (onde eles pertencem) descreve imensas situações nas quais os cães são vistos a procurar locais quentes como: aquecedores, lareiras, cobertores ou encostados uns aos outros. A procura por uma fonte de calor, em dias ou noites frias, deve ser não um privilégio, mas sim uma obrigação de quem tem um cão.

Ter o cão lá fora, num pátio, numa garagem e colocar uma casota, não é suficiente para alguns cães. Existem algumas casotas no mercado no entanto, as mais vendidas têm como intuito proteger mais do vento e da chuva do que propriamente isolar o frio.

Cada cão é um caso diferente.

Dizemos que existem pessoas mais friorentas que outras e este conceito aplica-se na perfeição aos cães. Cada cão é o seu próprio individuo, como tal, cada um sente mais ou menos frio. Os cães sentem frio e, usualmente, a regra diz: se está frio para si, está frio para ele.

Obviamente que se tem um Alaskan Malamute dificilmente ele sentirá frio em Portugal, uma vez que estes cães têm uma estrutura e constituição que os permite aguentar as temperaturas geladas do local de onde veem. A maioria dos cães tem um pelo que lhes permite aguentar algum frio, mas não por muito tempo seguido, nem temperaturas muito baixas.

Camas e mantinhas.

Os cães devem aprender a ter camas e cobertas sem as roerem, sendo que este é um processo que faz parte do ensino das boas maneiras que começa logo quando são cachorros. O ideal é ensinar o animal a redireccionar a vontade de roer para itens apropriados e ensinar-lhe a usar as cobertas para se tapar.

Cães idosos.

Quanto mais velhotes, como nós, mais sentem frio! Os cães idosos, tal como as pessoas, com o frio sofrem mais, das articulações, dos ossos, etc. As maleitas típicas da idade podem ser minoradas com acompanhamento médico veterinário, os músculos bem exercitados, e mantendo-os quentes.

Vestir cães é aberrante.

Vestir cães de bananas, morcegos, cachorros quentes, pintar o pelo só porque achamos lindos ou simplesmente por motivos estéticos é de facto aberrante. Eles não são objectos de decoração que vamos enfeitando conforme a nossa vontade. No entanto, vestir cães para os proteger do frio, não só não é aberrante, como indica um tutor preocupado e bem informado acerca das necessidades do seu cão. Lembre-se que a principal função da roupa para cães é proteger os mesmos do frio, antes da estética vem a utilidade!

Isso do frio é só para cães pequenos.

O tamanho nada tem a ver com o frio que o cão sente. Cães de porte pequeno com pelo avolumado existem muitos. Os cães de porte grande não estão livres de sentir frio simplesmente pelo seu tamanho, assim como os pequenos não estão livres de sentir calor só porque são mais pequenos. É sim, no entanto, mais fácil aquecer um cão de porte pequeno do que um de porte grande.