Captura de Tela 2015-04-21 às 20.39.17

Criado a por em: Curiosidades.

Tem de lutar diariamente com o seu cão para recuperar os seus sapatos? Aquelas pantufas tão cómodas com que via televisão ou os seus elegantes sapatos de salto agulha são agora da propriedade do seu cão e estão inutilizados e babados? Está a educá-lo mal.

Primeiro deve saber que “destruir” não é uma característica própria de um cachorro jovem, que passa com a idade, mas a expressão de que algo não está bem. Pode ser algo tão simples como não ter brinquedos ou estes não serem adequados, mas também a expressão de males mais profundos como ansiedade, hiperactividade ou dor causada pela mudança de dentição.

Mudança dos dentes

O comportamento destrutivo nos cachorros, na maior das vezes, é a sua resposta ao processo físico de mudança de dentição. A idade em que se produz a mudança de dentição varia de umas raças para as outras, sendo também influenciada pelo meio ambiente e alimentação. Normalmente, inicia-se por volta dos 3 meses com a mudança dos incisivos e finaliza aos 7 meses com a mudança dos caninos. Entre os 4 e os 6 meses de idade dá-se a mudança dos pré-molares e molares. Essas mudanças provocam tristeza e mal-estar no cão, que procura alívio a morder objectos, como os sapatos do dono.

Explorar e mordiscar

O cachorro explora o mundo que o rodeia vendo, cheirando e apanhando as coisas com a boca. Os cães pegam tudo com a boca porque usam as suas gengivas, língua e lábios para obter informação dos objectos que estão ao seu alcance.

Mordiscar é uma actividade agradável para os cachorros, estão entretidos e consola a sua solidão, por isso quando os deixamos sozinhos em casa é o momento em que ocorrem os maiores desastres. Esta exploração oral favorece a maturidade do cão estimulando a inteligência, a boca é uma fonte de conhecimento que lhe permite descobrir as características dos objectos que o rodeiam, a sua textura, o sabor, etc, aguçando os seus sentidos, exercitando os músculos maxilares e a destreza oral. A roupa e o calçado dos donos é facilmente posta à boca uma vez que o odor da roupa o ajuda a aliviar o medo e a saudade.

Disponibilize brinquedos

É simples evitar que morda os sapatos, basta deixar-lhe uma boa quantidade de brinquedos de borracha, como bolas e mordedores. Devem ser resistentes, para que não os consiga rasgar com facilidade, não devem ser tóxicos e não deve conseguir engoli-los. Sob nenhuma circunstância deve poder brincar com um sapato velho, pois o animal não saberá distinguir posteriormente um sapato velho de um novo.

Nunca pense que o seu cão está a vingar-se de ter ficado sozinho ou que se trata de raiva. Os cães não têm maldade. Num apartamento o cão passa muitas horas fechado e não tem nada que chame a sua atenção e que lhe permita estar ocupado. Pense em actividades para o seu cão para que este esteja ocupado e deixe os seus sapatos.

Para aliviar as gengivas

Um truque caseiro para aliviar os cachorros durante a mudança dos dentes é molhar um brinquedo ou corda de roer, e colocá-lo no congelador. Quando está congelado dá-se ao cachorro para que o mordisque. Vai adormecer a sua dor nas gengivas e vai sentir-se melhor.

Coloque-se no lugar do cachorro

Vamos fingir por uns minutos que somos um cão. Coloque-se de joelhos e olhe à sua volta. O que vê? Há coisas no chão que seriam interessantes e divertidas de morder se fosse um cão? Recolha todas essas coisas e arrume-as num local inacessível ao cão. Vê portas abertas? O que há por detrás dessas portas? É um armário com um monte de coisas interessantes? Sapatos e ténis usados têm um odor especialmente atractivo para o cão. feche todas as portas que podem conduzir a problemas, não facilite.

Cuidados a ter!

Deixe todos os sapatos e outros objectos de que o cão goste fora do seu alcance. Feche a porta das divisões mais desorganizadas, onde há uma grande quantidade de objectos pelo chão ao alcance do cão, par ao manter afastado das tentações. Proporcione ao seu cão mais brinquedos que não se pareçam com os objectos do lar. Não compre brinquedos que imitem sapatos.

Proporcione ao seu cão a possibilidade de fazer muito exercício ao ar livre, isso alivia o seu aborrecimento e liberta a tensão acumulada.